Cirurgias

Cirurgia Refrativa


O que é a Cirurgia Refrativa?
A cirurgia refrativa ou cirurgia a laser é uma técnica utilizada para a correção dos erros refracionais (miopia, hipermetropia, astigmatismo), através da alteração da curvatura da córnea. O Excimer Laser é o nome do aparelho de alta tecnologia que emite feixes de laser sobre a Córnea (camada transparente, mais superficial do olho) remodelando-a e fazendo com que as imagens focalizem diretamente na retina, proporcionando uma visão mais nítida.


O que é miopia, hipermetropia e astigmatismo?
Atualmente a miopia, a hipermetropia e ou astigmatismo podem ser corrigidos com uma alta taxa de sucesso através da cirurgia refrativa.

• Miopia:
Na miopia (visão ruim para longe) os raios de luz atingem um ponto localizado antes da retina.

• Hipermetropia:
Na hipermetropia (visão ruim para perto e muitas vezes também ruim para longe) os raios de luz atingem um ponto localizado atrás da retina.

• Astigmatismo:
No astigmatismo (imagem distorcida tanto para longe quanto para perto) os raios de luz não se formam num mesmo ponto na retina.

• Presbiopia:
Na presbiopia a visão torna-se ruim para leitura de perto. Geralmente inicia-se após os 40 anos de idade, pois está diretamente relacionada à idade.


Qual o paciente que pode realizar a cirurgia refrativa?
Para o paciente ser considerado bom candidato a cirurgia a laser, é necessário um exame oftalmológico completo incluindo exames pré-operatórios específicos, o qual deverá ser realizado por um especialista em cirurgia refrativa.

Para um excelente resultado é necessário observar alguns critérios:
• Idade superior a 18 anos;
• Ausência de doenças oculares (Ex: Ceratocone);
• Estar em boa condição de saúde;
• Prescrição de óculos estabilizada por no mínimo um ano;
• Exames pré-operatórios específicos;
• Ausência de gravidez ou que não esteja amamentando.


Exames Pré-Operatórios:
Consulta Completa (Anamnese, Acuidade visual, Refração dinâmica, Refração estática (pós dilatação), Tonometria, Biomicroscopia, Mapeamento de Retina)

Tomografia de Córnea: Exame imprescindível para indicação com segurança do bom candidato a cirurgia refrativa. Em nosso serviço utilizamos o PENTACAM, um dos mais modernos tomógrafos segmento anterior do olho.

Aberrometria: Utilizados em cirurgias refrativas personalizadas.


Como é feita a cirurgia a laser?
A cirurgia é realizada sob anestesia tópica (colírio) e leva em média 15 minutos por olho. Os pacientes não sentem absolutamente nenhuma dor durante a cirurgia. Não há necessidade de internação e os pacientes são liberados para casa no mesmo dia.


Quais as chances de sucesso? Existem riscos?
Quando a cirurgia a laser é bem indicada em um candidato, utilizando equipamentos de última geração e realizada por um especialista em cirurgia refrativa, as taxas de sucesso são altíssimas e as complicações tornam-se mínimas.


Quais as diferentes técnicas para correção a Laser?
Diferentes técnicas podem ser empregadas para a correção visual a laser, sendo as mais utilizadas o LASIK e PRK.

LASIK:
É a técnica mais comumente empregada e consiste na criação de uma lamela (flap) para a posterior aplicação dos feixes de laser na parte central da córnea. Existem dois modos de fazer este flap:

Manualmente: Através de um aparelho chamado microcerátomo onde utiliza-se uma lâmina para criar a lamela , produzindo um disco circular na córnea.

A Laser: Utiliza-se o laser de Femtosegundo para criar a lamela. É a cirurgia de Lasik mais moderna existente onde é realizada utilizando o Laser em 100% do procedimento (laser para criar a lamela + laser para corrigir o grau).

O laser de femtosegundo pode realizar incisões na córnea com extrema precisão. Quando o laser de femtosegundo é utilizado em cirurgias refrativas, chamamos esse procedimento de iLasik ou FemtoLasik, ou seja, todas as etapas da cirurgia são realizadas a laser sem a utilização de lâmina. Inicialmente, utilizado para a separação do tecido superficial da córnea e, posteriormente, o Excimer Laser molda parte da córnea para obter a correção do grau. Quando se utilizam os dois lasers, o procedimento fica ainda mais seguro.

O LASIK tem como grande vantagem a recuperação visual muito rápida, com mínimo desconforto pós-operatório. A técnica de LASIK pode ser utilizada para a correção da miopia, astigmatismo e hipermetropia.
PRK
PRK:
o PRK é uma técnica que vem sendo realizada há quase 20 anos, e também apresenta uma alta taxa de sucesso e previsibilidade. Consiste na remoção mecânica da camada mais superficial da córnea (epitélio) e subsequente aplicação dos feixes de laser. O PRK tem como grande vantagem o altíssimo nível de segurança, especialmente em paciente com córneas mais finas ou leves alterações em sua curvatura. O PRK é utilizado principalmente para a correção de baixos a moderados graus de miopia e astigmatismo.
Correção de Altas Miopias
A correção a laser da miopia é considerada segura somente até o limite máximo de 10-11 dioptrias. A partir desse grau, outras técnicas são consideradas mais eficientes e seguras, como a recente técnica de implante de lentes fácicas intraoculares (Artisan e Artiflex).

Uma vez implantada, a lente não precisa ser trocada e a totalidade do grau pode ser corrigida. A cirurgia é bastante segura, sendo a lente implantada através de uma pequena incisão.

A cirurgia pode ser realizada somente com anestesia tópica, não havendo necessidade de internação e a recuperação visual é quase imediata.